Posts com Tag ‘sentir’

eu quero ser o seu amor ♫

Nunca são jogados fora,as músicas que eu escrevi estão guardadas naquele papel pardo há exatamente cinco anos e eu continuo aqui.Continuo sentindo a mesma coisa que eu sentia por você há tempos passados,meu coração dispara ao sentir um perfume parecido com seu,meus lábios se abrem e logo meus olhos estão brilhando.Seu toque macio eu consigo me lembrar,da sua força…Dos seus braços.
Eu me lembro dos seus cabelos,exatamente da cor dos seus olhos…Cor de abismo – o abismo dos meus sentimentos,sem fundo sem destino sem razão.
O seu jeito também não me engana mais, eu reconheço cada sarda delicada das duas bochechas,cada pontinho do seu rosto.
Agora eu sei quem é você mas você continua sem saber nada sobre mim. Nada.

what you want ~

queria eu ser fria,coração de pedra e gelada como uma montanha de neve,sabe com quem eu iria parecer? Com você,claro. Queria eu ser assim,tão cheia de não se importar,não ligar.Eu sei que ás vezes escaparia coisas que eu não queria dizer,mas quem liga não é mesmo ? Vou ficar sozinha,apenas com um ou dois amigos e longe do que eu costumo chamar de “plebe”.
Tá,eu não queria ser você mesmo.Você é vazio,oco,sem conteúdo,sem amigos verdadeiros,tem alguém que gosta de você mas quem diz que você se importa? Seu orgulho fala mais alto não é? A história de que um dia você pode ser feliz com uma pessoa apenas te horripilam,te arrepiam,você teme que isso seja real,então você busca.Mas será que você acha?

stranger ~

são os outros,as pessoas que esbarram com você na rua e continuam em frente como se nunca tivessem te visto.Estranhos são as faces que aparecem na tevê,estranhas vozes sussurram notícias no rádio pela manhã,estranhas as ervas que nascem no jardim,estranha aquela que sai com meu vizinho,estranho aquele cachorro e seu olhar triste,estranha a senhora que atravessa a rua com um mocinho mais jovem que está a ajudando,estranho o jeito como a mocinha que sai do curso de inglês olha pra ele…Estranhos….Estranha aquela garota sofrida que vende balas nos sinais de trânsito,estranho aquele rapaz maltrapilho que faz malabarismos para alimentar seu irmão mais novo,estranha aquela senhora que sofre de Parkinson e está esquecida numa casa de repouso do interior da cidade…Pra você eles são estranhos? Pra você eles não fazem sentido ? A sua vida.Ela faz sentido pra você, não faz? Então tome cuidado com quem também faz parte dela.

são como o vento : ninguém vê,mas todo mundo sente.Particurlamente,acho que uma pessoa pode demonstrar tudo através de uma música, uma frase…Um poema ? CLARO! Uma palavra ? Obviamente! Os olhos,as atitudes,…Eu sou apaixonada por música.Muitas músicas tocam,fascinam,encantam…Elas nos transmitem e dizem coisas que muitas vezes não dizemos ou sequer transmitimos : todavia sentimos.

“o modo como trata do amor, o jeito como fala,se analisarmo,faríamos tudo por aquela pessoa especial.Esperar até as pessoas acharem um “Basta!” mas pra você ser apenas mais um minuto de espera válida,porque no fim vale a pena. “